sexta-feira, 30 de setembro de 2011

O que me lembro do GFM

Estudei no Ginásio Feminino de Macapá GFM, no período de 1971 a 1974. Antes Escola Doméstica, hoje Escola Santina Rioli, somam-se 60 anos de história que neste dia 30 de setembro é comemorado com muitas atividades. Achei que conseguiria listar 60 lembranças do meu tempo de estudante do GFM, mas só consegui a metade!

1- Eu lembro que não me lembro do meu primeiro dia de aula;
2- Da Profa. Maria do Céu, nos fazendo aprender de cor e recitar o poema Navio Negreiro, coisa que eu sei até hoje;
3- Da profa. Corila, considerada muito brava e o terrível apelido de Gorila. Professora, também era bulygnada; rs
4- Dos ensaios e apresentação da peça, A Revolta dos Brinquedos, grupo de teatro dirigido pela irmã Elvira Buyatti;
5- Da Cleocinei, a colega que fazia o papel de bruxinha, que tinha um nódulo próximo ao olho;

6- Do presente que ganhei da professora de Técnicas de Enfermagem. Ela me tirou no amigo secreto e me deu um estojinho com escova, pente e espelho cor de rosa. Era uma novidade, não vendia em Macapá. Fiquei fascinada e envaidecida com o presente que causou inveja nas colegas;
7- Do cheiro das árvores de eucalipto do quintal da escola;
8- Da imagem de Nossa Senhora Menina na capela da escola. A imagem me impressionava pelos olhos que pareciam ser de verdade, e pelo fio dourado das vestes brancas;
9- Da apresentação teatralizada da Profa. Lucimar Brabo Alves nos ensinando a usar o verbo querer: eu quisera ser Rui Barbosa!
10- Do meu grupo de estudos: Sônia, Marlene, Helenilda Torres, Rosilene e Janete Silva;

11- Da Irmã Carmem, toda assanhada: - nosso marido chegou! dizia ela, pra avisar p/ a profa. Romana que o marido dela chegara;
12- Do alvoroço que causava nas meninas, quando meu primo Eden Martins, passava montado na motocicleta da PM!
13- Da Ofélia Anaice a loira que encarnou a Boneca na peça A Revolta dos Brinquedos;
14- Da caderneta, com as notas escritas em tinta azul e vermelha;
15- Das aulas de artes domésticas: corte costura. Posso não saber costurar, mas sei como se faz!

16- Da aula de culinária, aprendi a fazer torta de coco;
17- Na aula de pintura em vidro me sai melhor. Fiz uma linda pintura num vidro que seria o fundo de uma bandeja. Empolgada, levei para finalizar em casa e deixei cair pela fresta, foi parar debaixo do assoalho;
18- Do uniforme de blusa branca, saia caqui pregueadas, suadeira, gravatinha, e meia no meio da canela.
19- Do quarto ano, o primeiro no turno noturno e a preocupação das Irmãs, que iam nos buscar na porta do circo na Pça. da Conceição;
20- Da aula de educação física e o ensaio da dança do coco;

21- Do piquenique que fazíamos no quintal do Ginásio, o cardápio era donzela e guaraná;

22- Das aulas de bordado. Logo vi que não levava muito jeito pra coisa.
23- Dos livros que usávamos, emprestados do primo Tinto (Vasco);
24- D. Dona Maria, a tacacazeira da esquina;
25- Da Margarida, que num dia de fúria foi dar sopapos numa menina lá fora!

26- Da curiosidade que tínhamos, sobre a parte do colégio, que era a moradia das irmãs; território proibido. E cheiro de cebola, que vinha da cozinha e chegava aos corredores da escola;
27- De uma colega que morava na Vila das Oliveiras, naquela época o lugar mais longe do meu mundo;
28- Da Georgeth Borges, que enrolava as meias e o cós da saia, contrariando irmã Elvira, a Diretora. Um dia foi com a meia cortada na altura do tornozelo, pegou suspensão.
29- Do dia em que jogando queimada, sem querer, quase arranco o turbante da Irmã Odete;
30- Da solenidade de formatura, sem pompas, sem convites e festas cheias de quinquilharias das festas atuais. A única coisa que me faz falta é uma foto em que estejam: Carmem Silvia, Edileuza, Eliana de Nazaré, Helenilda Torres, Luna, Elizete Façanha, Raimundinha, Socorro, Zuleide e as irmãs Raimunda e Sebastiana Gaia; Carmem Luiza e Ma. da Conceição da Luz; Nira e Reni, e eu e minha irmã Rosany, as ginasianas que fizeram parte da minha história com o GFM , nos anos 70.

5 comentários:

  1. Nossa amiga q memória!
    Eu tbm estudei nessa época...só que não lembro das minhas colegas de turma(q saudades,queria muito poder encontra-las) e sim das professoaras e irmas e do local q vc citou.
    Quem sabe não estudamos juntas,meu nome é Rita de Cássia Monteiro Dias,tem uma amiga q sempre estivemos juntas que é Roseni.
    Abraços.
    Rita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carmem Luiza da Luz2 de março de 2014 03:37

      Vc lembra de mim??? Eu sou carmem Luiza e minha irmã Maria da Conceição...

      Excluir
    2. Carmem Luiza da Luz2 de março de 2014 03:41

      Vc lembra de mim??? Eu sou carmem Luiza e minha irmã Maria da Conceição...

      Excluir
  2. Donzelas do Apocalipse

    Sem pai, sem mãe,
    Sem leite materno...

    Seu estômago vazio
    Pediu por comida:
    Com uma arma carregada
    Roubou uma vida.

    Escondia-se na escuridão,
    Disfarçava-se na luz.
    Foi a uma igreja...
    Rezar, pedir perdão?
    Não! Para roubar um pedaço de pão.

    O mundo o condenou.
    Amor e carinho
    Jamais encontrou.

    A sociedade o execrou,
    A margem da vida o adotou.
    Foi condenado a percorrer
    Um longo e tortuoso caminho:
    O seu exílio.

    Mas, não estava só!
    De ambos os lados,
    Lindas e afrodisíacas donzelas
    O seguiam:

    A angústia e a fome
    A solidão e a morte.

    Do livro (O ANJO E A TEMPESTADE) de Agamenon Troyan.

    ResponderExcluir
  3. Carmem Luiza da Luz2 de março de 2014 03:23

    Eu lembro da Roseni, morava na Lepoldo Machado se não me falha a memória...

    ResponderExcluir

Por onde andou seu coração?